No final dos anos 60, em Nospelt, Georges Kayser, um padre apaixonado pela história, estudou as grandes narrativas sobre a região e efetuou as primeiras escavações no lugar chamado “am Miecher” entre Goeblange e Nospelt. No início, pensou ter descoberto um túmulo galo-romano, mas ao continuar as suas escavações, deparou-se com algo muito maior: um edifício, depois outro, e mais outro… Descobriu uma villa galo-romana. Após a sua morte, os seus amigos fundaram a organização sem fins lucrativos “Georges Kayser Altertumsfuerscher asbl” e continuaram as escavações. Fundaram um museu em Nospelt, onde se podem conhecer os achados e obter explicações sobre a estrutura da villa galo-romana e a vida e obra do povo nesse período. Os locais de escavação apresentam muitos painéis explicativos. Além disso, associação tem vindo a integrar a juventudedesde 1991, um campo arqueológico para jovens tem sido realizado quase todos os anos no local chamado “Am Miecher”, com muitas atividades. 

Informação prática para os pais:

  • A entrada para a villa galo-romana fica à direita na floresta ao sair da aldeia na direção de Septfontaines.
  • O sítio é acessível durante todo o ano, mas é necessário fazer reserva para visitar o museu em Nospelt: www.gka.lu