Aqui, em Steinfort, o fumo era, outrora, expelido dos altos-fornos, mas isso foi há quase 100 anos. No entanto, vestígios da indústria do aço ainda podem ser encontrados no trilho de descoberta do Steinfort “Mirador”. O ponto de partida é o edifício “Mirador”. Era neste edifício que se determinava a quantidade de minério e de hulha que alimentavam os altos-fornos. Atualmente, abriga um centro de natureza que organiza uma série de atividades ao longo de todo o ano. O trilho está bem sinalizado com os seus postes característicos. Tem cerca de 13 km de comprimento e passa, em parte, pela Bélgica, onde conduz às ruínas do convento de Clairefontaine onde Ermesinde, a fundadora do Ducado do Luxemburgo, está enterrada. É possível apanhar atalhos neste trilho, os quais estão bem sinalizados, e encontra-se regularmente a ciclovia de Atert (Ciclovia 12 – Colmar-Berg – Pétange). Esta ciclovia segue o percurso da antiga linha ferroviária Pétange – Ettelbruck, em funcionamento até finais dos anos 60. O sítio industrial de Steinfort também estava ligado a esta linha. Ainda podem ser encontrados carris na floresta, o que lhe confere uma atmosfera muito especial. E, por vezes, até nos cruzamos com monstros de madeira…    

Informações práticas para os pais:

  • O ponto de partida é o Centro de Natureza “Mirador”, 1 Rue Collart, L-8414 Steinfort.
  • O Centro de Natureza propões uma série de atividades ao longo de todo o ano para descobrir a natureza.
  • Eis o programa atual: Mirador programa.
  • As visitas guiadas são limitadas a 9 pessoas e é obrigatório reservar.
  • Eis as informações de contacto do Centro Mirador.
  • O caminho apresenta painéis com explicações históricas e científicas.
  • Podem ser observadas esculturas de madeira na floresta perto do Mirador.
  • Em Steinfort, existe também o Parque Accrobranche. Irá reabrir em 3 de abril. É imprescindível efetuar a reserva!

Mais informações: www.steinfort-adventure.lu